O Mundo Odeia Cristo (3): O Espírito e o discípulo no mundo que odeia Cristo

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O GUIA EM PDF.

ouvidos-atentos

Neste domingo, na continuação da minissérie “O Mundo Odeia Cristo”, lemos as afirmações de Jesus acerca do Espírito Santo e o ministério dEle para com os discípulos vivendo neste mundo que tanto O odeia. Jesus acrescentou mais duas testemunhas às cinco que testificam da Sua deidade (Jo 5.31-39): o Espírito Santo e os Seus discípulos (15.26, 27). O Espírito Santo, o Conselheiro que Jesus enviou quando deixou este mundo, veio para testemunhar a respeito dEle.

Estudamos o texto de Jo 15.26-16.7 em duas partes. Primeiro, vimos a expectativa do discípulo no mundo que odeia Cristo. Jesus não escondeu o fato que os Seus discípulos sofreriam perseguição. Ele mencionou que eles seriam expulsos das sinagogas, e até morreriam por sua identificação com Cristo. Lembramos que não foram apenas os Onze que sofreram tais perseguições; isso foi a realidade de milhares de cristãos do tempo de Jesus até o quarto século. Com a legalização do cristianismo no tempo de Constantino (313 d.C.), a oposição do mundo transformou-se na infiltração do mundo na igreja. Da igreja no mundo que odeia Cristo, passou a ser o mundo que odeia Cristo dentro da igreja. A expectativa de todo discípulo de Jesus, em qualquer era, é de resistência e oposição da parte da cosmovisão que se opõe a Deus.

Em segundo lugar vimos a esperança do discípulo no mundo que odeia Cristo. A partida de Jesus causou grande tristeza para os discípulos; tanto Sua morte e Sua ascensão causaram transtorno na vida desses homens. A vinda do Espírito Santo é motivo de grande conforto e segurança, pois o discípulo tem à Sua disposição o Paracleto—Aquele que acompanha, aconselha, conforta—o Espírito da verdade que ensina e traz à lembrança a Palavra de Jesus. Juntando com o que João escreveu anteriormente a respeito dEle (14.16-27), podemos formar um retrato mais completo da obra e ministério do Espírito Santo de Deus na vida daqueles que vivem num sistema que se opõe abertamente à verdade de Deus. Isso deve trazer grande esperança para o discípulo verdadeiro, especialmente em meio às provações da vida.

coracoes-abertos

No final da mensagem de domingo, ouvimos algumas perguntas de aplicação espiritual pessoal.

Em que áreas de sua vida você tem experimentado a oposição ou a opressão do mundo que odeia Cristo?

Você sente alguma perseguição ou oposição direta por causa da sua identidade com Cristo? Jesus avisou aos Seus discípulos que sofreriam por causa do Seu nome. Você sofre alguma perseguição por causa do nome de Cristo? Leia Mt 5.11, 12; e Lc 6.22, 23. O que Jesus diz a respeito daqueles que são insultados ou perseguidos por Sua causa? O que Ele diz que devem fazer? Você está regozijando no sofrimento resultante de uma vida em Cristo?

Por outro lado, nós vivemos num tempo e numa cultura onde poucos são perseguidos diretamente pela fé. Um perigo constante não é oposição, mas assimilação; o perigo é que a influência do mundo sobre a igreja possa ser maior do que a influência da igreja para o mundo.

Você sente alguma pressão de se amoldar aos valores e às práticas do mundo? Já lemos em 1 Jo 2.15 que não devemos amar o mundo e em Tg 4.4 que a amizade com o mundo é inimizade com Deus. Leia Rm 12.1, 2. O que Paulo diz que não devemos fazer? O que Paulo prescreve para resistirmos à pressão de nos amoldar aos padrões do mundo? Como você pode renovar sua mente a fim de conhecer a vontade de Deus para sua vida?

Você está aproveitando ao máximo a presença do Espírito Santo em Sua vida? Você está deixando que Ele atue em sua vida, testemunhando de Jesus, lembrando-o da Sua Palavra, confortando o Seu coração? Você coopera com Ele para deixar que Ele renove a sua mente e o transforme de dentro para fora?

maos-estendidas

Na mensagem de domingo nos concentramos bastante na  esperança que a presença do Espírito Santo oferece ao discípulo de Cristo mediante a perseguição e a opressão do mundo que o odeia. Convém ressaltar a relação entre o testemunho do discípulo de Jesus e a perseguição do mundo que odeia Cristo. Por que, afinal, as perseguições diminuíram tanto quando o cristianismo foi legalizado por Constantino? Um fator muito importante é que quando todo mundo é “cristão”, o testemunho verdadeiro da cruz de Cristo é enfraquecido. Assim, o mundo não se sente ameaçado, e não tem uma reação tão forte. Existem alguns lugares onde ainda há perseguição hoje. Por quê? Porque nessas regiões a mensagem do Evangelho (testemunho) bate de frente com as normas que aquelas culturas aceitam como verdadeiras. O mundo odeia isso, portanto os persegue.

Numa folha de papel, reflita e responda a respeito do seu testemunho como discípulo de Jesus Cristo.

O seu testemunho é verdadeiro? Pense bem: as pessoas sabem, por meio do seu testemunho, como você foi salvo e como elas podem ter a salvação também?

O seu testemunho é aberto? Quantas pessoas em sua vida sabem que você é um verdadeiro seguidor de Jesus; não só no nome, mas no conhecimento e na obediência à Sua Palavra?

O seu testemunho é fiel? Seu testemunho reflete o conhecimento bíblico, ou o ensinamento terceirizado acerca de tópicos vagamente relacionados à Bíblia?

O seu testemunho é constante? Suas ações e palavras refletem a sua fé de forma consistente e constante, para que outras pessoas vejam e perguntem pelo motivo da sua esperança?

O seu testemunho é crucial? “Crucial” é uma palavra interessante, pois remete à cruz. O seu testemunho leva as pessoas à conclusão que precisam aceitar ou rejeitar a mensagem do Evangelho?

Determine que você fará a sua parte de testemunhar de Jesus Cristo, aproveitando o tempo e as oportunidades, não temendo os homens, mas sendo destemido e bíblico na sua maneira de viver e falar. Lembre, para o bem daqueles que não conhecem a Cristo, que a fé não vem pelo assistir, mas pelo “ouvir”, o “ouvir pela Palavra de Deus” (Rm 10.17). Ou seja, fale de Cristo!

mentes-ocupadas

Dia 1

João 15.26-16.7

Dia 2

Mateus 5.1-12

Dia 3

Lucas 6.17-23

Dia 4

Hebreus 11.1-40

Dia 5

2 Tessalonicenses 1.1-10

Dia 6

2 Coríntios 4.1-16

Dia 7

Atos 1.1-9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *