O Cenáculo (2): O Caminho, a Verdade e a Vida.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O GUIA EM PDF.

ouvidos-atentos

Neste domingo, na continuação da minissérie “O Cenáculo”, estudamos o texto de João 14.1-11. Estabelecemos uma visão panorâmica do discurso de Jesus, desde a saída de Judas Iscariotes (13.31) até o final da ceia (14.31). Nesse esboço, observamos que o tema central é que Jesus estava prestes a morrer (ser glorificado, vv. 31-33), e queria dar instruções finais para os Seus discípulos, para confortar e sustentá-los na Sua ausência. É interessante observar que além das verdades reveladas diretamente por Jesus nesse discurso temos várias verdades importantes reveladas pelas respostas de Jesus às perguntas de Pedro, Tomé, Filipe e Judas.

No texto de João 14.1-11, Jesus procurou confortar os Seus discípulos na Sua ausência apelando a sua fé: “Vocês creem em Deus, agora creiam também em mim” (v. 1). Eles precisavam entender que Sua morte era necessária: por meio dela Ele estava preparando lugar para eles com o Pai, e por ela eles poderiam futuramente estar onde Ele estiver (vv. 2-3). Então Ele fez uma declaração surpreendente: “Vocês conhecem o caminho para onde vou” (v. 4). Lembrando que até esse momento no discurso Ele não falou claramente da Sua morte, e não explicou exatamente para onde ia. Tomé, sempre prático, expressou uma dúvida razoável: “Se você não falou para onde vai, como podemos saber o caminho?” Graças a Deus Tomé estava lá para perguntar, pois Sua resposta é um dos textos mais impactantes e importantes das Escrituras: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” (v. 6). Nessas poucas palavras Jesus declara que Ele é exclusivo, absoluto e necessário para aqueles que querem acesso a Deus Pai.

A reação de Filipe é bem comum atualmente: ao pedir que Jesus mostrasse o Pai, ele estava pedindo mais revelação. Ou seja, “se Deus se revelar da forma que eu acho necessário, eu acreditarei”. A resposta de Jesus continua sendo válida ainda hoje: não há outra revelação maior ou mais completa do que o próprio Jesus. Deus Pai e Deus Filho são um só (10.30)! Não procure mais revelação; escute e aprenda Jesus, Deus revelado em forma humana!

coracoes-abertos

Como podemos aplicar as verdades desse texto à nossa vida?

Você procura conforto real em meio as incertezas e os transtornos da vida? 

A solução não está nos nossos próprios esforços. Será que o plano de Deus é tão deficiente que depende de soluções humanas para se realizar? Algum esforço humano já levou à justiça ou à glória de Deus? Leia Romanos 3; alguém já foi justificado pela obediência à lei? Leia Efésios 2; alguém já foi vivificado da morte espiritual pelas obras?

A solução não é desistir e pecar. Será que o plano de Deus é tão impossível que não há como prosseguir sem optar por meios pecaminosos?

A solução está em Cristo: Você crê em Deus, creia também em Jesus!

Você, como Tomé, tem dúvidas sobre o plano de Deus?

Tem dúvidas sobre o caminho que leva a Deus? Simples: Jesus é o único caminho.

Tem dúvidas sobre que “verdade” acreditar no nosso mundo lotado de informações? Fácil! Há apenas uma verdade, e o Seu nome é Jesus!

Quer viver uma vida significativa e abundante? Jesus é a vida que Deus ofereceu para aqueles que creem nEle.

Você, como Filipe, está querendo um revelação especial?

Não há revelação mais especial do que Deus conosco!

Já considerou a grande presunção do ser humano que pede mais revelação a Deus? Essencialmente, quando pedimos mais, estamos dizendo a Deus, “Olha, Seu plano é legal, mas se o Senhor se revelasse da forma que eu acho bom e necessário, aí sim, eu acreditaria! Isso me bastaria.” Deus não oferece isso e nunca ofereceu.

Não precisamos de mais revelação; precisamos estudar e entender o que Ele já revelou.

maos-estendidas

Como podemos por em prática as verdades desse texto em nossa vida?

Você procura conforto real em meio as incertezas e os transtornos da vida? 

Quais são as suas circunstâncias?

Que princípios e verdades Deus revelou na Sua Palavra para lidar com essas situações?

Como você está sendo confortado por Jesus e a revelação do plano de Deus para sua vida?

Você, como Tomé, tem dúvidas sobre o plano de Deus?

As suas atitudes e seus comportamentos apontam para fé em Jesus como o único caminho para o Pai? Tem algum outro caminho que você está seguindo que precisa abandonar para seguir Jesus?

Qual é a sua fonte de verdade absoluta? Você procura as Escrituras para comprovar as “verdades” ensinadas na igreja e na sociedade?

Como está sua vida? Você descreveria sua vida como significativa e abundante? Se não, o que está interferindo com a realização do plano de Deus para dar-lhe a vida em Cristo?

Você, como Filipe, está querendo uma revelação especial?

Às vezes esse desejo por revelação nova ou individualizada é sutil. Como podemos reconhecer que estamos insatisfeitos com a suficiência da revelação já dada por Deus?

Você já chegou à conclusão que não dá para prosseguir na sua vida sem alguma revelação específica de Deus? Enxerga como esta conclusão indica que a Palavra de Deus é deficiente? Jesus é a revelação completa de Deus. Não está faltando nada.

Você já chegou à conclusão que a única solução de um problema é confiar no homem ou pecar? É bem sutil, mas você vê como esta conclusão diz que a revelação de Deus não é suficiente para incluir aquela situação? Jesus é o caminho, a verdade e a vida; Ele é suficiente.

mentes-ocupadas

Dia 1

João 13.31-38

Dia 2

João 14.1-31

Dia 3

Colossenses 1.13-20

Dia 4

Colossenses 2.9-15

Dia 5

João 1.1-18

Dia 6

João 10.24-30

Dia 7

João 17.1-26

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *